O coração de Francisco

O coração de Francisco

Hoje, 4 de outubro, é celebrado o dia de São Francisco de Assis, o santo que abriu mão da riqueza e se dedicou ao próximo. Aqui, por Fátima, o coração de outro Francisco nos chama também a um amor universal e altruísta.

Foto: Maria Alice Campos

São Francisco de Assis

Muitos talvez conheçam a história do jovem Giovanni di Pietro di Bernardone, que ao retornar da guerra deixou a vida irrequieta e mundana, voltando-se para uma vida religiosa de completa pobreza e devoção à causa da fé e do amor ao próximo. Fundador da ordem dos Frades Menores, mais conhecidos como Franciscanos.

Dante Alighieri disse que ele foi uma “luz que brilhou sobre o mundo”, e para muitos ele foi a maior figura do Cristianismo desde Jesus.

Francisco de Assis (1182 — 1226), padroeiro da Itália.

O Papa escolhe o nome de Francisco

Jorge Mario Bergoglio é o 266º Papa da Igreja Católica e atual Chefe de Estado da Cidade Estado do Vaticano, ao ser eleito escolheu o nome de Francisco.

O nome que usará é uma escolha de cada Papa.

O Santo escolhido por Bergoglio é identificado com ideais de paz e vida simples, segundo contou fez em referência a Francisco de Assis pela “sua simplicidade e dedicação aos pobres” e motivado por uma frase que lhe foi dita por Dom Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo, logo após a sua eleição, ainda na Capela Sistina: “Não esqueça dos pobres”.

O coração de Francisco em Fátima

Inaugurado por época das comemorações do centenário das Aparições da Nossa Senhora aos três Pastorinho e a visita do Papa Francisco à Fátima, temos a escultura com estrutura em aço de um grande coração com cerca de 12 metros de altura e 12 de largura.

A obra, intitulada “Francisco, o maior coração do mundo” é da autoria do artista português Fernando Crespo, composta por dois segmentos, que juntos representam um coração.

Segundo a interpretação do artista, em cada um dos lados vemos uma figura humana, que pode ser “um peregrino ou qualquer um de nós” e que caminha no coração em direção à “terra”, o lado mundano da vida. A cruz remete ao “símbolo da Igreja Católica”, de onde desponta uma “ramificação que pode ser uma árvore ou veias”, simbolizando “a difusão de determinados princípios e de determinados valores”.

O coração de Francisco também nos remete ao Imaculado Coração de Maria, como um amoroso coração de mãe a clamar por Amor e Paz.

Fontes: Wikipedia, SIC.


RAÍZES DE FÁTIMA, PEREGRINAR COM A ALMA

Conheça todas as experiências Raízes de Fátima, presenciais e online, acesse agora este link.

Se estiver interessado nas experiências online, pode optar por:

Baixar a coleção de ebooks das aparições da Nossa Senhora de Fátima e do Anjo;

Colocar na sua agenda as lives do Peregrinar com a Alma (conversas com Eliana Oliveira e participação de Carla Barbosa);

Colocar na agenda as lives Conversas Peregrinas (com Maria Alice Campos);

Se inscrever no Curso online 13 Lições der Fátima para Transformar a sua Vida (uma jornada de preparação espiritual e material);

Se inscrever no Curso online Peregrinar a pé (Preparação para sua jornada).